A pesquisa realizada sobre o engenheiro-arquiteto Eduardo Fernando Chaves, nas décadas de 1900 a 1940, revelou uma extensa produção com 220 obras. Com 122 delas foi elaborado o Livro As Virtudes do Bem Morar, evidenciando que a introdução destas virtudes nas obras projetadas é concomitante ao processo de urbanização de Curitiba, isto é, o bem-viver na cidade. O estudo cobre o período de 1900 a 1930 e, em quatro capítulos, analisa e apresenta projetos arquitetônicos, volumosa legislação da infraestrutura urbana, mapas, fotografias, desenhos e tabelas explicativas.
O restante da produção arquitetônica de Eduardo Fernando Chaves que ocorre nos anos de 1930 a 1940, resultou na Exposição Arquitetando Curitiba na década de 1930, realizada no Memorial de Curitiba entre dezembro de 2012 e agosto de 2013. O roteiro explora e enfatiza a diversidade do repertório arquitetônico e das técnicas construtivas característica da época. Também mostra que as obras de Eduardo Fernando Chaves acompanham o crescimento geográfico de Curitiba estando, novamente, estreitamente vinculadas à evolução, implantação e consolidação das redes urbanas de serviços públicos.
Neste Blog poderá ser acessada parte do material existente nos dois trabalhos desenvolvidos.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.